via Pinterest.

Partir quando queremos ficar é uma das maiores dores que existe. Deixar pra trás toda aquela história, aquela convivência, aquele cheiro inigualável, o abraço que virou casa, o beijo que nunca tive igual, me assusta. Me assusta saber que todas as promessas que fazíamos antes de dormir dizendo “eu nunca vou te esquecer” era pura enganação, não a mim. Querido você nunca me enganou. Eu sabia que você uma hora ou outra iria me abandonar é mesmo assim eu dizia “eu também nunca vou te esquecer” porque naquele momento aquela promessa era válida por algum tempo, nem que fosse por pouco tempo, como de fato foi.

Você me disse que ia ficar, que eu era seu par e que você não tinha dúvidas que éramos o “casal perfeito”, casais perfeitos não existem. Mas naquele momento eu me esqueci disso é acreditei em você. Você me dizia que meu cafuné era diferente de todos os outros e que minhas mãos eram macias de forma que te aquietavam. Mentira. Você mente bem. Eu sinceramente acreditava que poderíamos ser felizes juntos e eu me enganei. Me enganei com suas promessas, com esse “amor” e com você.

Você foi amor, mas escolheu não ficar mesmo com o espaço que te dei. Eu me dei conta de que o “tudo” que eu tinha ao seu lado na verdade era muito pouco perto do que eu merecia. Eu estou indo, mesmo que minha vontade seja de ficar. Eu te amo hoje, amanhã não vou mais te amar. Você fez isso, obrigada por me ensinar!

Texto escrito por Isabella.


No Instagram

Instagram has returned invalid data.